was successfully added to your cart.

trump-acordo-de-paris

Anunciada na última quinta-feira (1/6), a decisão do presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, de retirar o país do Acordo de Paris representa um duro golpe nos esforços globais para frear o as mudanças climáticas.

Entenda o Acordo de Paris

O Acordo de Paris é o tratado contra o aquecimento global firmado por 195 países em dezembro de 2015, que tem como objetivo limitar o aumento da temperatura até o final deste século. Para isso, os países signatários se comprometeram a adotar medidas para reduzir a emissão de gases do efeito estufa, embora esses compromissos sejam voluntários e definidos por cada país. No caso dos EUA, o país havia se comprometido a reduzir de 28% para 26% as emissões de gases do efeito estufa até 2025.

Assinado em dezembro de 2015 por representantes de 195 países, o Acordo de Paris renovou as esperanças da comunidade internacional em minimizar os efeitos do aquecimento global. Algumas partes do acordo tem “caráter vinculante”, ou seja, os países signatários são obrigados a adotar essas medidas. Outras partes são recomendações, estabelecendo ações voluntárias. Veja a seguir três dos principais termos do acordo:

Estabelecimento de metas (obrigatório): o Acordo de Paris determina que todas as nações signatárias são obrigadas a estabelecer estratégias para limitar o aquecimento médio do planeta a 1,5 graus centígrados até 2100. Esta meta atende à determinação do Painel de Mudança do Clima da ONU, que estabeleceu como limite um aumento máximo de 2 graus centígrados na temperatura da Terra durante este século para evitar consequências ambientais catastróficas.

O comprometimento com a adoção dessas medidas representa um marco histórico porque, até então, apenas os países ricos estavam comprometidos com metas para combater as mudanças climáticas.

INDC (não obrigatório): Trata-se da sigla em inglês para “Contribuições Nacionalmente Determinadas Pretendidas”. É o documento que apresenta as metas de cada país para reduzir as emissões e tornou-se um dos principais focos de desentendimentos. Ao final, decidiu-se que as metas apresentadas por cada país serão apenas voluntárias. É aí que se concentram as principais críticas. Além de o acordo não tornar o cumprimento das INDCs obrigatórias, o conjunto das metas apresentadas pelos países ainda está longe de garantir um aquecimento de apenas 1,5 graus centígrados. Para minimizar este fato, o acordo prevê revisões a cada cinco anos para que os países possam ajustar suas ações visando a uma redução maior.

Financiamento (obrigatório): outro ponto importante do acordo é que a partir de 2020 os países ricos criarão um fundo de pelo menos 100 bilhões de dólares por ano para financiar projetos de combate às mudanças climáticas dos países mais pobres.

Como podemos compensar essa saída e ajudar o Planeta?

Cada um de nós pode fazer uma pequena parte para ajudar a reduzir o aquecimento global. Pequena atitudes, pequenos ou grandes investimentos, cada um a sua maneira pode reduzir a emissão de CO2 na atmosfera.  E ainda lucrar com isso.

Você já ouviu falar com Energia Solar Fotovoltaica?  Sim, o sol é uma fonte inesgotável de energia que pode ser utilizada por todos.  Ele está ai, todos os dias, renovado, inesgotável, sustentável e de graça. Por que não usá-lo?

Um sistema solar gera até 95% de economia na conta de energia e dura mais de 30 anos.

Um sistema fotovoltaico é formada por painéis de silício que captam os raios do sol e transforma em energia. Trabalhando junto com um inversor, essa energia é transformada na energia elétrica usada no mundo inteiro, inclusive  na sua casa, empresa, escola.

Para ter um sistema Solar Fotovoltaico basta ter uma área de exposição solar, que não precisa ser no mesmo local do imóvel beneficiado, mas que precisa ser da mesma distribuidora de energia.  Pode ser no telhado do imóvel, pode ser no sítio, num terreno mais distante, na casa da mãe, no cobertura do prédio, uma cobertura de quadra esportiva.  Se tem sol, é possível.

Como a SUNTAG pode ajudar você e sua empresa a economizar e ajudar o planeta?

A Suntag é uma empresa especializada em Sistema Fotovoltaico, localizada no Rio de Janeiro, que atende toda a Região Sudeste.

  • Financiamento em até 120 meses (PJ)
  • Financiamiento em até 60 meses (PF)
  • Primeira parcela só após sistema funcionando e conta de energia reduzida.
  • O retorno do investimento é de 3 a 5 anos.
  • Redução nos tributos municipais (IPTU) para imóveis que usam energia limpa.
  • Dura mais de 30 anos sem manutenção (só limpeza com pano ou água)
  • Redução de CO2 na atmosfera

Envie a conta (de cada medidor) para atendimento@suntag.com.br e receba um estudo completo e sem custo.

Você vai se surpreender de saber que não é tão difícil como imaginava e que não precisa fazer investimento inicial para ter sua própria usina solar.  Acredite!

www.suntag.com.br

0800 025 2595

atendimento@suntag.com.br

Fonte: Guia do Estudante /Abril

Deixe um comentário