was successfully added to your cart.

cicloviaberlim 1

A via conectará diversos bairros e terá estações repletas de serviços à disposição dos ciclistas.

Essa notícia foi publicada em 2016, mas vale a pena rever e repensar as construções públicas na nossa cidade.

Imagine que por meio das pedaladas o pavimento na rua gere energia e enquanto volta para casa pedalando possa colher um tempero de graça pelo caminho. Duas possibilidades paradoxais: enquanto a primeira representa uma tecnologia moderna, a segunda parece sair de uma rotina do homem do campo. Ainda assim, ambas estão reunidas em um novo projeto para Berlim, a maior cidade e capital da Alemanha.

Desenvolvido por oito profissionais, o projeto vai aproveitar uma infraestrutura já existente, porém mal utilizada, dando uma nova cara ao local. A ideia é que ela ganhe pavimento que gera energia, semáforos, estações com prestação de serviço para ciclistas e até hortas urbanas ao longo da via.

A rota possui quase nove quilômetros e está localizada embaixo de um viaduto, abaixo de uma antiga linha férrea. O potencial da área totalmente coberta será melhor aproveitada pelos ciclistas que transitarão tranquilamente, protegidos em dias de sol, chuva e neve. A intenção é também estimular a economia criativa por meio de serviços oferecidos ao longo do percurso, como pontos de café, assistência técnica, aluguel de bicicletas, como pode ser visto na ilustração abaixo:

cicloviaberlim2-2

ciclomonta-3

 

E quando olhamos as enormes estruturas construídas para nossa olimpíadas, e vemos que nenhuma delas é auto suficiente energeticamente, devemos parar para nos perguntar pelo menos “Por quê?”

Fonte: Ciclovivo

Deixe um comentário